De um ambiente vibrante marcado pela arte, cultura e criatividade


O Alto Minho coloca a arte, a cultura e a criatividade ao serviço do desenvolvimento económico e social. Nesta estratégia reside a aliança entre a história, a tradição, a modernidade e a inovação enquanto fatores de competitividade decisivos para dar uma nova dinâmica à região.



Sabia que…

... A cidade de Viana do Castelo foi considerada a “Meca da Arquitetura Portuguesa”, pela prestigiada revista londrina Wallpaper, a propósito da requalificação da frente ribeirinha projetada pelo arquiteto Fernando Távora. O roteiro da nova arquitetura de Viana tem quase duas dezenas de paragens envolvendo os novos e emblemáticos edifícios da Praça da Liberdade, de Fernando Távora; a Biblioteca Municipal assinada por Siza Vieira; o Centro Cultural projetado por Souto Moura; o inovador Hotel Axis Viana; e a Pousada da Juventude de Carrilho Graça, galardoada com o Prémio Pessoa.


... O Hotel Axis Viana, do arquiteto Jorge Sodré de Albuquerque, está entre os 11 hotéis eleitos pela revista norte-americana de turismo e viagens “Budget Travel” como uma das “maravilhas da arquitetura”. Com uma estrutura em lego e os pisos desalinhados, este edifício desafia a lei da gravidade e a forma tradicional de construir.


...O edifício da Escola Superior de Desporto e Lazer de Melgaço, do arquiteto Pedro Reis, foi distinguido pelos “German Design Award 2016” na categoria arquitetura, um prémio atribuído pelo centro alemão German Design Council. Este edifício já havia sido galardoado em 2015 pelos prémios “Architizar A+ Awards”, em Nova Iorque, e “Iconic Awards”, em Munique.


... A MIMA House, um conceito inovador de casa pré-fabricada concebido por uma empresa sedeada em Viana do Castelo (o ateliê MIMA Architects), é outra referência no campo da arquitetura, tendo sido a construção vencedora na categoria “Casas” do prémio internacional “Building of the Year 2011/Edifício do Ano 2011”, promovido pelo website de arquitetura “ArchDaily”.


... O Festival de Paredes de Coura foi considerado pela edição espanhola da revista “Rolling Stone” como um dos cinco melhores festivais de verão da Europa. De referir ainda que a edição de 2012 está entre os dez festivais nomeados na categoria “Festival Favorito dos Artistas”, nos Europe Festival Awards, evento que distingue os melhores festivais do ano na Europa.


... A Bienal de Arte de Cerveira, a mais antiga bienal de arte contemporânea do País, com quatro décadas de existência, é hoje uma marca com notoriedade e reputação nacional e internacional. 


... … O Festival Internacional de Jardins, iniciativa inédita em Portugal realizada todos os anos, de maio a finais de outubro, em Ponte de Lima. Anualmente recebe cerca de 105 mil visitantes, tendo merecido já inúmeros prémios de reconhecimento internacional, como o Prémio Garden Tourism Awards, integrado no evento internacional “2013 North American Garden Tourism Conference”, em Toronto, Canadá. 


… O Alto Minho é a região do Norte com maior número de monumentos nacionais classificados e o local de passagem das principais rotas do Caminho Português de Santiago.


... O Alto Minho é ainda palco das feiras, festas e romarias com maior expressão no País, de que são exemplo as Feiras Novas e a Vaca das Cordas, em Ponte de Lima; a Romaria de S. João d'Arga, em Caminha; a Festa da Coca, em Monção; a Romaria da N.ª Sr.ª da Peneda, em Arcos de Valdevez; a Romaria de S. Bartolomeu, em Ponte da Barca; a Festa do Alvarinho e do Fumeiro, em Melgaço; a Feira dos Santos de Cerdal, em Valença, a maior do Noroeste Peninsular; ou a Romaria de Nossa Senhora d’Agonia, em Viana do Castelo, considerada a Rainha das Romarias de Portugal, com os seus números etnográficos e manifestações religiosas e pagãs, que alimentam e bem, razões para uma visita.