Núcleo de Marcos Miliários de Antas

Sítios Arqueológicos

É sobejamente conhecida a ocupação romana deste território e, a prová-lo, chegaram até nós vários vestígios desta presença. Da Via Romana XIX, por exemplo, remanescem – para além da ponte românica de Rubiães – um conjunto de catorze marcos miliários classificados como Monumento Nacional, doze dos quais localizados no concelho de Coura. Todos estes miliários foram encontrados no antigo caminho que seguia de Astúrica Augusta (Astorga), até Bracara Augusta (Braga), passando por Lucus Augusti (Lugo). Era por aqui que passavam os militares a caminho das praças romanas e os comerciantes a caminho das feiras… Percorra esta importante obra do Império Romano, passando pelos ditos miliários, dando especial atenção aos seis localizados em Antas, mais precisamente na Capela de São Bartolomeu. Estes marcos eram, inicialmente, apenas utilizados para marcar distâncias mas, com o tempo, começaram a servir para registar os títulos honoríficos dos imperadores. Relativamente aos miliários de Antas, todos excepto um apresentam epígrafe. Repare particularmente nos dois marcos que sustentam o alpendre da Capela de São Bartolomeu. Poderá admirar os restantes no seu adro. Vale a pena conhecer este conjunto de miliários, um claro indício da grandiosidade do Império Romano!
Contactos

Paredes de Coura (Viana do Castelo)

41,899266, -8,6428352