Serra da Peneda/Soajo

Natureza

Situada em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, a Serra da Peneda/Soajo é uma das maiores elevações de Portugal continental e localiza-se a Noroeste de Portugal, na região do Alto Minho, no concelho de Arcos de Valdevez.

A Serra da Peneda/Soajo é um espaço humanizado, com um amplo legado patrimonial, com destaque para as Brandas (ou Verandas), existentes nas encostas, e que são núcleos populacionais junto a pastos localizados em zonas altas da serra, ocupados durante o Verão; em oposição existem as Inverneiras, localizadas no fundo dos vales e onde as famílias habitam durante o inverno. O património serrano tem igualmente nos Fojos do Lobo, antigas estruturas de captura e abate do animal, testemunhos únicos da arquitetura rural, simbolizando a relação ancestral, e nem sempre pacífica, do homem com o lobo. Nas vertentes agrestes, onde a terra é imprópria para a lavoura, estabelecem-se as bouças com árvores (castanheiros, carvalhos, pinheiros) e o mato, utilizados para pasto do gado bovino, caprino e ovino.

A serra é constituída por povoamentos antigos, vindos muitos da Idade Média e na sequência de usos e costumes de gerações anteriores, o que conferia aos habitantes privilégios especiais, como os direitos de montaria, sendo o reconhecimento régio da importância destas populações para o equilíbrio cinegético e para a guarda e controlo das zonas raianas. A presença humana é contudo ainda mais distante, adentro da Pré-história recente, como atestam os múltiplos dólmens e mamoas, caso do núcleo do Mezio, ou as gravuras rupestres no Santuário do Gião. 

A Serra da Peneda/Soajo tem os seus pontos mais elevados nos sítios da Pedrada, com 1416m, e do Outeiro Maior, com 1350m de altitude.

Contactos

Arcos de Valdevez (Viana do Castelo)