Ponte de Ponte de Lima

Património Construído

Estamos perante um Monumento Nacional de primeira grandeza: o ex-líbris que batizou Ponte de Lima, a famosa Ponte de origens romana. A vila não podia ter postal de visita mais belo. Sobre o rio Lima, com a Igreja de Santo António da Torre Velha em pano de fundo, a ponte é bonita de todos os ângulos e perspetivas, de dia ou de noite. Atente nos seus arcos de volta perfeita e no pavimento horizontal protegido por guardas. Junto à Igreja, não deixe de reparar na Capela Anjo da Guarda, antigo templo do século XIV, com estilo romano-gótico. Reza a lenda que perante a beleza das margens do Lima, as legiões do Império Romano julgaram estar a ver o rio Lethes, o enfeitiçado rio do esquecimento. Hesitantes, os soldados só ousaram atravessar as águas depois do general Décimo Junius Brutus o ter feito chamando os seus soldados pelo nome como prova de não se ter esquecido. A experiência não terá sido esquecida, ficando gravada na memória dos homens a lembrança desta adorável terra. Quem visita Ponte de Lima pela primeira vez, atravessar a ponte é uma experiência obrigatória. Quando a atravessar, lembre-se que milhares e milhares de peregrinos já o fizeram antes de si rumo a Santiago de Compostela. A travessia teve, desde sempre, grande importância no Alto Minho. No séc. XIV foi D. Pedro quem a mandou construir e até finais da Idade Média, foi mesmo a única passagem segura do rio Lima em toda a sua extensão. Para mais tarde recordar, não se esqueça de fotografar este cenário e de registar a experiência no seu caderno de viagens.
Contactos

Ponte de Lima (Viana do Castelo)

41,7694, -8,5868916