Branda dos Portos

Brandas

A região de Castro Laboreiro impressiona não só pela beleza paisagística, mas também pelo típico casario. A cerca de 1100 metros de altitude mora uma das mais características brandas de Castro Laboreiro: a Branda dos Portos. As brandas são lugares de povoamento concentrado e sazonal, normalmente localizadas em zonas de planalto. Sobretudo usado na Idade Média, o sistema de povoamento era caracterizado por cada família ter duas casas, uma na branda e outra na inverneira. Ambas eram constituídas por rés-do-chão e primeiro andar, sendo construídas em granito e com telhados em colmo (devido às suas propriedades isotérmicas). Se visitar o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro, poderá admirar uma réplica ali existente de uma destas casas castrejas. A inverneira é a aldeia onde as famílias passavam o Inverno, situando-se a uma altitude mais baixa, em vales abrigados. Na primavera a população subia para as brandas, dispondo de pastos frescos e temperaturas mais amenas. Esta tradição tem pouca importância actualmente, uma vez que – para além do crescente êxodo rural – ambas as casas já são minimamente equipadas e proporcionam um maior conforto. A Branda dos Portos continua, no entanto, a manter o seu encanto, e merece uma prolongada e atenta caminhada. Vagueie pelos característicos lameiros, dispostos segundo o relevo do terreno e destinados à pastagem e produção de feno. A somar a tudo isto, terá sempre uma inigualável vista panorâmica para a Serra da Peneda, uma visão que esmaga pela sua nobreza e beleza pura!
Contactos

Melgaço (Viana do Castelo)

42,027405, -8,1179248