O Garrano é o único equídeo autóctone da Região Norte do país


Sabia que...

… O Garrano é o único equídeo autóctone da Região Norte do país. Trata-se de uma espécie lusogalaica, de que conhecemos sinais de presença nesta região desde o longínquo Paleolítico. Estes pequenos cavalos vivem num estado semi-selvagem pelos montes e serranias do Parque Nacional da Peneda-Gerês. São animais fortes, vigorosos, adaptados à sobrevivência. Normalmente a sua pelagem é castanho-escuro e a compleição física larga de garupa e dorso. No garrote não excedem um metro e trinta e cinco centímetros.

Em liberdade, vivem em pequenos grupos, que variam entre os 6 a 12 indivíduos, mas podem existir grupos maiores. Em cada grupo há um macho reprodutor que vigia as suas fêmeas e crias. O único inimigo verdadeiramente temível para estes cavalos são os lobos, que por vezes logram deitar as presas a uma cria mais afastada ou a um animal mais desatento.

Atualmente, estes animais estão também domesticados, sendo empregues em usos agrícolas e de atrelagem. Também podem ser utilizados para hipoterapia e para passeios de turismo equestre.