Lenda de Nossa Senhora da Pegadinha - Ponte da Barca


LETRA   |    PARTITURA COMPLETA   |    CANÇÃO

Letra: Augusto "Canário"

Música: Mário Laginha


Esta lenda, possui contornos que nos recordam e por vezes se confundem com a história dos 3 pastorinhos de Fátima.

Existe na freguesia de Bravães, em Ponte da Barca, uma Igreja dedicada a N.ª Sr.ª da Pegadinha. Supostamente, esta foi dedicada a Nossa Senhora porque segundo as vozes do povo, ali teria realizado uma aparição.

Reza a lenda barquense que, há muitos anos atrás, três crianças, três irmãos pastores, andavam a pastorear o gado no campo. Esta história dá-nos conta de um quotidiano onde, numa época em que o povo vivia predominantemente da terra, passava por muitas dificuldades nomeadamente, fome. Com uma agricultura e pecuária de subsistência, em regime de minifúndio, ao sabor dos caprichos da natureza, um mau ano agrícola poderia significar despensa vazia para a família.

Um belo dia, estando os 3 irmãos a pastorear, apareceu-lhes Nossa Senhora que, apercebendo-se do seu aspeto andrajoso e da fome por que passavam, teve pena deles.

Assim, disse-lhes que fossem a casa ver na masseira, pois lá teriam pão em abundância. Os pastorinhos sabiam que não havia pão quando saíram de casa pela manhã mas, ainda assim acederam e foram verificar se lá havia pão. Para grande espanto deles, a masseira estava repleta de saboroso pão. Gritaram: – “Milagre… Milagre!…”

Na aldeia, as notícias correm rápido: num ápice, toda a freguesia sabia do ocorrido. Todos acorreram ao local da aparição mas, a virgem, já lá não estava… então, para espanto geral, no local onde Nossa Senhora havia aparecido aos 3 pastorinhos, estava gravada na pedra uma pegada de um delicado pé – o da mãe de Jesus.

Entretanto, a pegada não chegou até aos nossos dias… terá desaparecido?

Segundo o povo, foi exatamente nesse local onde se ergueu, anos mais tarde, a capela N.ª Sr.ª da Pegadinha que ainda hoje podem visitar.