Lenda Senhora de ao Pé da Cruz


Conta-se que a Senhora de ao Pé da Cruz veio pelo mar. Veio pelo mar abaixo até chegar a estas terras. Apareceu ali no limite de Moledo. Uns homens e mulheres que estavam perto da praia a trabalhar viram-na e apanharam-na logo. Cheios de alegria, carregaram com ela cá para cima e puseram-na na capela. 
 Todos os desafortunados acorriam à capela da Senhora, pois acreditavam que ela ali viera para satisfazer os anseios e curar as maleitas da vida. De todas as aldeias vinham peregrinos e curiosos para rezarem à imagem milagrosa. 
 Mas a presença da milagrosa Senhora despertou inveja nas redondezas. Então um grupo de homens maus juntou-se para roubar a imagem da Senhora. Numa certa noite vieram pela aldeia acima. Quando passaram pela Cova, já quase a chegarem perto da capela, a Sra. de Ao Pé da Cruz formou um nevoeiro tão forte, tão cerrado que não se via céu nem terra. Os bandidos tiveram que parar, pois nada viam, nem já os companheiros! Cada um virou para seu lado, vindo a perderem-se pelos montes. Quando se fez dia, encontraram-se longe de casa e mais longe ainda da capela da Senhora de ao Pé da Cruz. Perante tal milagre, e vendo que não conseguiram roubar a Senhora, nunca mais tentaram repetir a aventura. 

 As gentes das povoações vizinhas, sabendo do acontecido, pois encontraram perdidos os amaldiçoados homens, correram em clamor à capela da Senhora para agradecer a sua presença.