Domingo 22 de Outubro, 2017
pesquisa
#
#
Seja bem-vindo
Fique a conhecer melhor o Alto Minho e os dez concelhos que compõem este espaço territorial: Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte do Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira. Veja ainda as notícias, curiosidades, rotas turísticas, guias, informação de apoio empresarial e muito mais sobre esta região do Noroeste português.
Newsletter
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter e receba todas as novidades no seu e-mail.
Área reservada |
Património

Castelo de Vila Nova de Cerveira: foi reedificado por D. Dinis e adaptado na Guerra da Independência.

Terreiro: principal praça da vila, antigo local da feira.

Rua César Maldonado: rua de grande valor arquitetónico, cujo traçado remonta ao séc. XVII.

Rua Queiroz Ribeiro: rua de grande valor histórico, onde se concentra o comércio tradicional.

Igreja Matriz: dedicada a S. Cipriano, padroeiro de Vila Nova de Cerveira; no seu interior, destacam-se o altar-mor e a sua talha dourada.

Igreja da Misericórdia: a sua origem é do séc. XVII, mas foi reconstruída no séc. XIX.

Capela de N. Sra. da Ajuda: data de 1650; destacam-se os painéis de azulejos.

Capela de S. Roque: templo de 1564, dedicada a S. Roque, um dos santos que protegiam da peste.

Solar dos Castros: IIP, construído no séc. XVIII, acolhe a Biblioteca Municipal.

Pelourinho de Vila Nova de Cerveira: construção de 1574. Fonte da Vila: construção provável do séc. XVII, fonte de mergulho com acesso por uma escadaria.

Complexo Mineiro do Couço do Monte Furado: IIP, na freguesia de Covas, esta mina terá sido explorada no período romano.

Colina de Lovelhe: os vestígios dos primeiros habitantes nesta região datam da Idade do Ferro. Área de extrema importância, aquando das invasões francesas. Aqui situa-se o Forte de Lovelhe: fortaleza do séc. XVII, construída para servir na Guerra da Restauração.

Convento de S. Paio: fundado em 1392 por Frei Gonçalo Marinho, é hoje residência do artista José Rodrigues. Situa-se em Loivo.

Igreja Românica de Reboreda: templo reconstruído no séc. XVI, com vestígios românicos presentes em algumas partes do edifício. Situa-se na freguesia de Reboreda.

Igreja Paroquial de Candemil: na freguesia com o mesmo nome, esta igreja data do séc. XVIII, embora tenha sido reconstruída recentemente.

Capela de S. Sebastião: construção de 1698, na freguesia de S. Tiago de Nogueira.

Capela de Santa Luzia: IIP, situado na freguesia de Campos. Esta capela terá sido construída sobre um templo românico, tendo o atual edifício vestígios de várias épocas.

Casa do Carboal: edifício do séc. XVII, na freguesia de Covas.

Solar da Loureira: residência senhorial do séc. XVIII, ao estilo barroco, na freguesia de Gondarém. Pietá: escultura em granito do séc. XVIII, na freguesia de Sopo.